Buscar
  • Pedro Vasconcelos

Experiências híbridas


Pode-se definir como conceito de experiências híbridas, uma nova forma de combinar contatos virtuais e físicos, podendo ser de uma marca, de escolas mesclando assim atividades presenciais e remotas, nas quais ajudam as pessoas a enfrentar a realidade que passamos no momento, pois o cenário ainda permanece instável, devido a pandemia e o distanciamento social.


E mesmo com o avanço da vacinação ainda permanece bem incerto como serão os próximos meses, e o marketing vem encarando esse desafio do evento híbrido, buscando assim uma forma de se adaptar às necessidades desse novo formato dentro desse atual cenário no qual nos encontramos.


Contudo, mesmo com a pretensão de alguns executivos globais em investir com um aumento significativo motivado pelas possibilidades de inovação, conexão com o cliente, inclusão e a personalização, ainda são um desafio, principalmente para as pequenas empresas devido aos investimentos em infraestrutura. Muito provável que muitas dessas experiências se mantenham mesmo depois da pandemia ser superada, pois o coronavírus impôs novos hábitos à sociedade, que foram incorporados ao dia a dia, e fez um aumento significativo na transformação digital de empresas.


Pode-se citar também como exemplo de experiências hídricas, as operações omnichannel,que trata-se de uma estratégia do varejo que utiliza diferentes canais de comunicação, oferecendo assim a mesma experiência de compra. Seja no ambiente online ou offline, integrando lojas físicas, e-commerces e consumidores, que estão propícios a serem aprimoradas para atender melhor o consumidor da era digital e pós-pandemia em 2022.


O e-commerce virou febre na China durante a pandemia. Já no Brasil, o Facily é o primeiro app a explorar essa modalidade de compra coletiva, com principal atrativo para descontos reais com uma diferença de preço significativa.


A justificativa dos preços tão baixos, dá-se pela compra diretamente do produtor, eliminando assim a margem de lucro do varejo. Além disso, pelo fato de que a compra é entregue em um ponto de retirada, e não no endereço do consumidor, eliminando assim o custo de frete. No caso do app Facily, a divulgação é feita por meio do compartilhamento de promoções pelo WhatsApp, pois para ter direito a esse desconto o consumidor precisa comprar em grupo o mesmo item.


Não se pode afirmar que é um negócio super certo, porém aparentemente esse e-commerce tem se tornado mais popular, sendo impulsionado por experiências de outros consumidores e pelas redes sociais.


Pedro Vasconcelos


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo